top of page

Quais São os Direitos das Pessoas que Possuem Autismo (TEA)?


O Transtorno do Espectro Autista (TEA) é uma condição neurológica que afeta a comunicação social, o comportamento e as habilidades de interação social de uma pessoa. Pessoas com TEA podem enfrentar vários desafios em suas vidas diárias, mas isso não significa que devam ser privadas de seus direitos básicos. Neste artigo, discutiremos os direitos dos autistas e como a sociedade pode trabalhar para garantir que esses direitos sejam respeitados.

Os autistas têm o direito à educação, trabalho e saúde, bem como o direito de viver em uma sociedade inclusiva e acessível. Esses direitos são protegidos por várias leis, como a Convenção das Nações Unidas sobre os Direitos das Pessoas com Deficiência (CDPD) e a Lei Brasileira de Inclusão (LBI).

No Brasil, a LBI, também conhecida como Estatuto da Pessoa com Deficiência, foi promulgada em 2015. A lei estabelece a igualdade de direitos e oportunidades para pessoas com deficiência, incluindo autistas, em todas as áreas da vida, incluindo educação, trabalho, saúde, acessibilidade, mobilidade e cultura.

A educação é um direito fundamental para todas as pessoas, incluindo autistas. A LBI estabelece que as escolas devem ser inclusivas e acessíveis a todas as crianças, independentemente de suas deficiências. Isso significa que as escolas devem fornecer suporte e adaptações razoáveis ​​para garantir que as crianças autistas tenham acesso à educação. As escolas também devem trabalhar para garantir que as crianças autistas sejam incluídas em atividades extracurriculares e eventos sociais.

O direito ao trabalho também é importante para os autistas. A LBI estabelece que as empresas devem empregar pessoas com deficiência em uma proporção de 2 a 5% de sua força de trabalho. Além disso, as empresas devem fornecer adaptações razoáveis ​​para garantir que as pessoas autistas possam realizar seus trabalhos com eficiência e segurança. As adaptações razoáveis ​​podem incluir horários flexíveis, local de trabalho adaptado às necessidades individuais e suporte para a comunicação.

A saúde é outro direito fundamental para todas as pessoas, incluindo autistas. A LBI estabelece que as pessoas com deficiência têm o direito de receber serviços de saúde acessíveis e de qualidade. As instituições de saúde devem fornecer adaptações razoáveis ​​para garantir que as pessoas autistas possam receber tratamento sem discriminação. As adaptações razoáveis ​​podem incluir uma comunicação clara e simples, o uso de tecnologias assistivas e o fornecimento de um ambiente calmo e tranquilo.

Além desses direitos básicos, as pessoas autistas têm o direito de viver em uma sociedade inclusiva e acessível. Isso significa que a sociedade deve trabalhar para garantir que as pessoas autistas sejam incluídas em todos os aspectos da vida, desde a vida social até a vida profissional.


Psicologia Popular, Viva Bem, viva Zen!



0 visualização0 comentário

Comments


bottom of page