top of page

Como o Assédio Moral no Trabalho pode Gerar Prejuízos para a Saúde Mental


O assédio moral no trabalho é uma prática desumana que pode ter graves consequências para a saúde e bem-estar dos trabalhadores. Trata-se de um comportamento abusivo e repetitivo que tem como objetivo humilhar, constranger e intimidar uma pessoa no ambiente de trabalho.

Esse tipo de comportamento pode ser praticado por superiores hierárquicos, colegas de trabalho ou até mesmo clientes e fornecedores. O assédio moral pode se manifestar de diversas formas, como insultos, ameaças, humilhações, exclusão social, manipulação de informações, sobrecarga de trabalho e atribuição de tarefas abaixo ou acima da capacidade do funcionário.

O assédio moral pode ter graves consequências para a saúde do trabalhador, causando estresse, ansiedade, depressão, insônia, distúrbios alimentares, problemas cardíacos, entre outras doenças físicas e mentais. Além disso, o assédio moral pode levar o trabalhador a um estado de isolamento e desmotivação, prejudicando sua produtividade e desempenho.

É importante destacar que o assédio moral no trabalho é proibido por lei e deve ser denunciado. No Brasil, a Lei nº 13.467/2017, conhecida como Reforma Trabalhista, incluiu o assédio moral como motivo para rescisão indireta do contrato de trabalho. Além disso, o Ministério Público do Trabalho (MPT) e a Justiça do Trabalho têm sido cada vez mais rigorosos na aplicação das penalidades para empresas e indivíduos que praticam o assédio moral.

Para combater o assédio moral no trabalho, é fundamental que as empresas adotem medidas preventivas, como a elaboração de políticas internas de combate ao assédio moral e a realização de treinamentos para gestores e funcionários. Além disso, é importante que os trabalhadores estejam cientes de seus direitos e denunciem qualquer tipo de comportamento abusivo.

Caso o trabalhador se sinta vítima de assédio moral, é importante que ele procure ajuda. Ele pode conversar com um colega de trabalho em quem confie, buscar o auxílio do sindicato da categoria, procurar o departamento de Recursos Humanos da empresa ou ainda denunciar o caso ao Ministério Público do Trabalho.

Em resumo, o assédio moral no trabalho é uma prática inaceitável que deve ser combatida. Trata-se de um comportamento abusivo que pode causar graves danos à saúde e ao bem-estar do trabalhador. As empresas devem adotar medidas preventivas para combater o assédio moral e os trabalhadores devem estar cientes de seus direitos e denunciar qualquer tipo de comportamento abusivo.


Psicologia Popular: Viva Bem, Viva Zen!


2 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page