top of page

A sua TPM é Muito Intensa? Saiba o que é Transtorno Disfórico Pré Menstrual ou TDPM


A disforia pré-menstrual (DPM) é um distúrbio do humor que afeta muitas mulheres durante o período que antecede a menstruação. A DPM é caracterizada por alterações de humor significativas, incluindo irritabilidade, ansiedade, depressão, aumento da sensibilidade emocional e problemas de controle de impulsos. Esses sintomas geralmente começam cerca de uma semana a dez dias antes do início do ciclo menstrual e diminuem ou desaparecem com o início da menstruação.

A DPM é um problema muito comum que afeta até 80% das mulheres em algum momento de suas vidas. A maioria das mulheres experimenta algum grau de alteração de humor ou desconforto físico antes da menstruação, mas para algumas mulheres, os sintomas são tão graves que podem interferir significativamente em suas vidas diárias. Além disso, a DPM pode afetar negativamente os relacionamentos interpessoais e profissionais, bem como a qualidade de vida geral.

Embora a causa exata da DPM ainda não seja totalmente compreendida, parece estar relacionada a flutuações hormonais durante o ciclo menstrual. Em particular, as oscilações nos níveis de estrogênio e progesterona podem afetar os neurotransmissores no cérebro, incluindo serotonina, dopamina e noradrenalina, que são responsáveis por regular o humor e as emoções.

Os sintomas da DPM podem variar amplamente de uma mulher para outra, mas geralmente incluem alterações de humor, como irritabilidade, tristeza, ansiedade, raiva ou aumento da sensibilidade emocional. Muitas mulheres também experimentam sintomas físicos, como inchaço, dores de cabeça, dor abdominal, fadiga e insônia.

Existem muitas opções de tratamento para a DPM, dependendo da gravidade dos sintomas. Mudanças no estilo de vida, como exercícios físicos regulares, uma dieta saudável e equilibrada e técnicas de relaxamento, como ioga e meditação, podem ajudar a aliviar os sintomas da DPM. Além disso, alguns suplementos nutricionais, como cálcio, magnésio e vitamina B6, podem ajudar a reduzir os sintomas de humor e físicos associados à DPM.

Para mulheres cujos sintomas da DPM são mais graves, existem opções medicamentosas disponíveis, incluindo antidepressivos, contraceptivos orais e diuréticos. Os antidepressivos, como inibidores seletivos de recaptação de serotonina (ISRS), têm sido comumente usados para tratar a DPM porque podem ajudar a equilibrar os níveis de serotonina no cérebro. Os contraceptivos orais podem ajudar a regular os níveis hormonais, reduzindo assim a gravidade dos sintomas da DPM. E os diuréticos podem ajudar a aliviar a retenção de água e o inchaço que muitas mulheres experimentam antes da menstruação.


Psicologia Popular: Viva Bem, Viva Zen!


0 visualização0 comentário

Comentários


bottom of page